Obras sem data

D\'Amato, Joe (Aristide Massaccesi)

(Roma, 15 de dezembro de 1936 – 23 de janeiro de 1999) Joe D’Amato, nascido Asitide Massaccesi foi um cineasta italiano, diretor de fotografia, cenografiasta, montador e produtor. Dirigiu ao todo duzentos filmes, nos quais flertava sempre com o horror e o erótico. Começou a trabalhar aos quatorze anos, juntamente com seu pai e postetiormente fundou a companhia A.C.M. Frequentava a escola durante o dia e à noite trabalhava como assistente de câmera em diversos sets de filmagens. Em 1969 iniciou sua carreira como diretor de fotografia, bem como assistente de direção. Sua primeira produção de baixo orçamento foi Pistoleiros de Trinity, de 1972, co-dirigido com Diego Spataro., sob o pseudônimo de Dick Spitfire. Ingressou no cinema de horror e suspense com seu thriller “La morte ha sorriso all’assassino” (1973). A partir daí criou seu pseudônimo Joe D’Amato e começou a dirigiu sof-cores, como alguns filmes da série Emmanuelle. Na última fase de sua carreira, dedicou-se quase que inteiramente ao cinema pornográfico. Seu filme Sesso Nero, rodado no ano de 1978, mas apenas lançado em 1980, é considerado o primeiro filme pornô italiano. Dentre alguns pseudônimos que possui, Joe D’Amato è o mais constante em sua produção. Faleceu aos 62 anos, em Roma, após sofrer um ataque cardíaco. Retirado do wikipedia e IMDb

Dados sobre o Warburg

20239

6136

4012

© 1994-2020 CHAA – Centro de História da Arte e Arqueologia | CONTATO | SOBRE O SITE