Obras sem data

Wilton Junior (Wilton de Sousa Junior)

Wilton de Sousa Júnior Repórter fotográfico da Agência Estado, passou pelas redações de vários jornais cariocas. Vencedor de vários prêmios de fotografia, em 2012 foi duplamente vitorioso com a foto \"Touché\" da presidente Dilma, conquistando o Internacional de Jornalismo Rei da Espanha e o Esso/2012 installment loans H&M Wilton de Sousa Júnior nasceu em 1975, no Rio de Janeiro (RJ). Começou a carreira de repórter fotográfico em 1993. Passou pelas redações dos jornais Folha Dirigida, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e O Dia. Está desde 2001 na sucursal carioca da Agência Estado. Participou da cobertura da caçada aos assassinos do jornalista Tim Lopes (setembro de 2002), da passagem da tocha olímpica pelo Rio de Janeiro (abril de 2004), da visita do papa Bento 16 à cidade de São Paulo (maio de 2007), da Copa América de Futebol da Venezuela 2007 e da Copa do Mundo de Futebol da África do Sul 2010 . Venceu o Prêmio Esso de Jornalismo 2012, na categoria Fotografia, concedido pela Esso Brasileira de Petróleo, e o Prêmio Internacional de Jornalismo Rei da Espanha 2012, na mesma categoria, concedido pela agência Efe e pela Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento, com a foto Touché, em que a presidente Dilma Roussef parece ser transpassada por uma espada, durante cerimônia na Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende (RJ). A foto foi publicada na edição de 21/8/2011 do Estadão. Ganhou, também, o Prêmio Estado de Jornalismo 2010, na categoria Fotografia, com a série de imagens Tiros e Mortes no Centro do Rio, que mostram um ladrão atirando em um policial, sendo preso sem ferimentos e chegando morto ao hospital. Em 2003, foi um dos finalistas do Grande Prêmio Ayrton Senna de Jornalismo, com a fotografia Caçada Urbana, publicada no Jornal do Brasil. Extraído do Portal dos Jornalistas.

Dados sobre o Warburg

20254

6136

4023

© 1994-2020 CHAA – Centro de História da Arte e Arqueologia | CONTATO | SOBRE O SITE