Obras sem data

Correggio, Antonio da (Antonio Allegri)

Antonio Allegri , conhecido como Correggio (Correggio, agosto de 1489 - Correggio, 05 de março de 1534), foi um pintor italiano.

Inspirada pela cultura do século XV, e pelos grandes mestres da época, como Leonardo, Raphael, Michelangelo e Mantegna, inaugurou uma nova forma de pintura e desenvolveu sua própria carreira artística original, que o coloca entre os grandes artistas do século XVI .

Em virtude da expressiva doçura de seus personagens e a ampla utilização da
perspectiva, tanto em pinturas sacras quanto em profanas, tornou-se famoso no vale do Pó como o portador dos mais moderno e arrojado ideais da Renascença. Na verdade, à explosão da cor veneziana e do Maneirismo Romano, opôs um estilo fluido, brilhante, de forte envolvimento  emocional. Em um esforço para alcançar a máxima expressão da leveza e da graça, Correggio foi um precursor da pintura ilusionista. Introduz a luz e cor enquanto contrapeso às formas e também desenvolveu novos efeitos de luz e sombra, criando a ilusão de plasticidade com escorços às vezes duros e com sobreposições ousadas. A iluminação e estrutura composicional em diagonal também lhe permitiram obter uma profundidade espacial significativa em suas pinturas, sendo esse último recurso típico de seu estilo. Os majestosos retábulos dos anos vinte do século XVI são de concepções espetaculares, com gestos concatenados, expressões, sorrisos, personagens intrigantes, cores persuasivas .

A luz, que varia de acordo com um chiaroscuro suave e delicado , tornou-se um ponto de não retorno da pintura, capaz de influenciar  movimentos artísticos muito diversos entre si, como o barroco de Giovanni Lanfranco e Baciccio e o neo-classicismo de Anton Raphael Mengs .

Dados sobre o Warburg

20920

6155

4366

© 1994-2020 CHAA – Centro de História da Arte e Arqueologia | CONTATO | SOBRE O SITE