Obras sem data

Desvallières, George

George Desvallières (1861-1950) foi um pintor francês. Natural de Paris, Desvallières foi bisneto do acadêmico Gabriel-Marie Legouvé, e recebeu uma educação religiosa. Ele pintava retratos no início, mas um relacionamento com Gustave Moreau o tornou  interessado pela mitologia e pela religião. Desvallières se familiarizou com a arte antiga durante uma viagem à Itália em 1890, e em seu retorno começou a trabalhar no estilo com o qual estava mais associado, combinando temas escuros e cores violentas com uma concepção dramática de religião. Ele tomou como sujeitos numerosos personagens simbolistas, como Narciso (em 1901), Orfeu (1902) e A Marcha para o Ideal (1903); Ele também serviu como um dos fundadores do Salon d'Automne. Em 1919 fundou os Ateliers d'Art Sacré com Maurice Denis, numa tentativa de renovar o interesse pela arte religiosa. Desvallières tornou-se interessado na arte religiosa depois de perder um filho à Primeira Guerra Mundial em 1915. Morreu em 1950, Paris.

Dados sobre o Warburg

15831

5286

2639

© 1994-2017 CHAA – Centro de História da Arte e Arqueologia | CONTATO | SOBRE O SITE