Obras sem data

Lacroix, Charles-François Grenier de; ou Lacroix de Marselha

Pintor francês (Marselha? Paris 1782). Ele foi provavelmente um aluno de Manglard em Roma (1754), e sabemos que ele estava em Nápoles, em 1757. Lacroix deixou paisagens, principalmente marinhas, que são uma imitação de J. Vernet, presumivelmente, ele conhecia. Ele é representado nos seguintes museus: Agen, Avignon, Marselha, Dijon, Bordeaux, Toulouse, Saint Petersburgo e Estocolmo. Extraído da Enciclopédia Larousse responsável: Jorge Coli A ficha catalográfica de ArtCurial precisa as datas: Marselha (?), por voltas de 1700, Berlim, 1782 e dá uma biografia mais precisa: Aluno de Vernet, em Roma, Lacroix de Marseille é conhecido ali como Della Croce em 1754, mas parece ter chegado lá antes já que o Marquês de Marigny, acompanhado Soufflot e Cochin e diz tê-lo encontrado em 1750. Este período de formação na Cidade Eterna foi sem dúvida difícil já que, não desfrutando das facilidades oferecidas pela Academia de França em Roma, Lacroix teve que vender suas obras para viver e continuar a se formar. O artista não parece não ter voltado para a França antes de sua primeira exposição do Colisée em 1776. A partir daí, suas numerosas marinhas obtinham um grande sucesso em Paris.

Dados sobre o Warburg

21702

6155

4718

© 1994-2021 CHAA – Centro de História da Arte e Arqueologia | CONTATO | SOBRE O SITE