Obras sem data

Baglione, Giovanni

Giovanni Baglione (Roma, 1566 — Roma, 30 de dezembro de 1643) foi um pintor do Barroco e historiador de arte italiano.
Aluno de Francesco Morelli, trabalhou principalmente em Roma, inicialmente em um estilo do final do Maneirismo. Tinha também o nome de Il Sordo del Barozzo. Publicou dois livros: As Nove Igrejas de Roma (1639) e As Vidas dos Pintores, Escultores, Arquitetos e Gravadores (entre 1572-1642).
A obra Amor Sagrado versus Amor Profano, uma resposta a obra de Caravaggio, O Amor Vitorioso, mostra um anjo (o amor sagrado) interrompendo um encontro entre o Cupido (o amor profano) e o Demônio (retratado com o rosto de Caravaggio).
Trabalhou em várias obras em Roma durante os pontificados dos Papas Clemente VIII e Paulo V. Seus principais afrescos estão na Basílica de Santa Maria Maior em Roma, na Cappella Borghese. Pintou uma Última Ceia na San Nicola in Carcere. O Papa Paulo V declarou Baglione como Cavaleiro da Ordem de Cristo pela execução da obra São Pedro ressuscitando Tabata dos Mortos (1607), na Basílica de São Pedro. Morreu em Roma.
Extraído do wikipedia

Dados sobre o Warburg

15669

5251

2605

© 1994-2017 CHAA – Centro de História da Arte e Arqueologia | CONTATO | SOBRE O SITE