Obras sem data

Gomide, Antonio

Irmão da artista Regina Gomide Graz, esposa de John Graz, Antonio Gomide estuda artes plásticas em Genebra, para onde sua família havia se transferido em 1913. Na Suíça, estuda com Ferdinand Hodler e Gillard, na Academia de Belas Artes de Genebra. Freqüenta também a Escola de Comércio dessa cidade, onde conhece o crítico de arte Sérgio Milliet. Realiza contínuas viagens pela Europa, freqüentando os ateliês de Picasso, Braque, Lhote e Severini.
Fixa-se definitivamente no Brasil em 1929, associando-se rapidamente ao movimento de renovação das artes plásticas, preconizado com a Semana de Arte Moderna de 1922, ao lado de Anita Malfatti, Di Cavalcanti e outros. Foi membro-fundador da Sociedade Pró-Arte Moderna (1932). Participou do Salão dos Independentes de Paris, da I Exposição de Arte Moderna e da I Bienal Internacional de São Paulo (1951).
extraído do wikipédia

Dados sobre o Warburg

19856

6058

3882

© 1994-2020 CHAA – Centro de História da Arte e Arqueologia | CONTATO | SOBRE O SITE