Obras sem data

Valadon, Suzanne

Marie-Clémentine Valade, mais conhecida como Suzanne Valadon (Bessines-sur-Gartempe, 23 de setembro de 1867 – Paris, 7 de abril de 1938) foi uma pintora francesa pós-impressionista e personalidade marcante na cena artística parisiense no período que precede o cubismo. Foi garçonete dos cafés de Montmartre e acrobata, abandonando o circo para tornar-se modelo de Renoir, Puvis de Chavannes e Toulouse-Lautrec.1 Iniciou-se, sob proteção de Edgar Degas, na pintura, no pastel e no desenho, tornando-se, pouco tempo depois, a primeira mulher admitida na Société Nationale des Beaux-Arts.2

Suas primeiras obras datam de 1892 e 1893, destacando-se entre elas o retrato de Erik Satie, então seu amante. Sua produção será marcada inicialmente pela estética dos pintores de Pont-Aven, como Gauguin e Paul Sérusier, particularmente acentuada após a separação do marido, Paul Moussis, ocorrida em 1909. Passa então a dedicar-se exclusivamente à pintura, fortemente influenciada por Degas, Van Gogh e Matisse. Foi mãe do pintor Maurice Utrillo, conhecido tanto pelo estilo poético de suas narrativas dos subúrbios de Montmartre quanto por sua conturbada biografia, desde cedo marcada pelo alcoolismo.
Retirado da Wikipédia.

Dados sobre o Warburg

21577

6155

4678

© 1994-2020 CHAA – Centro de História da Arte e Arqueologia | CONTATO | SOBRE O SITE