Obras sem data

Ury, Lesser

Lesser Ury (07 de novembro de 1861 – 18de outubro de 1931) pintor impressionista alemão e gravurista, associado com a escola de Düsseldorf da pintura.

Ele nasceu Leo Lesser Ury em Birnbaum, filho de um padeiro cuja morte em 1872 acarretou na mudança da família Ury para Berlim. Em 1879 ele foi para Düsseldorf para estudar pintura na Academia de Artes. Ury passou um tempo em Bruxelas, Paris, Stuttgart, e outros locais, antes de retornar a Berlim, em 1887.

Sua primeira exposição foi em 1889 e a recepção foi hostil, embora ele tenha sido defendido por Adolph von Menzel cuja influência induziu a Akademie conceder a Ury um prêmio. Em 1893 ele se juntou a Secessão de Munique, um das várias Secessões formadas por artistas progressistas na Alemanha e na Áustria nos últimos anos do século 19. Em 1901, ele retornou a Berlim, onde expôs com a Secessão de Berlim, pela primeira vez em 1915 e, nomeadamente, em 1922, quando ele teve uma grande exposição. Por esta altura a reputação crítica de Ury tinha crescido e suas pinturas e pastéis estavam sendo procurados. Seus assuntos eram paisagens, paisagens urbanas e cenas de interiores, tratados de uma maneira impressionista que variou de tons suaves de figuras em um interior escuro para os efeitos da iluminação pública durante a noite e a luz ofuscante da folhagem contra o céu de verão.

Ury é especialmente conhecido por suas pinturas de cenas de cafés noturnos e ruas chuvosas. Ele desenvolveu um hábito de repetir estas composições a fim de vendê-los, mantendo os originais, e essas cópias feitas rapidamente teria prejudicado a sua reputação.

Sempre introvertido e desconfiado das pessoas, Ury tornou-se cada vez mais recluso em seus últimos anos. Ele morreu em Berlim e está enterrado no Cemitério Judaico de Berlim - Weissensee.

Dados sobre o Warburg

19852

6058

3881

© 1994-2020 CHAA – Centro de História da Arte e Arqueologia | CONTATO | SOBRE O SITE